TINA TURNER, UMA VIDA NO PALCO

News3

Não é Tina Turner quem quer. A ícone do rock é conhecida em todo o mundo pela sua energia inesgotável e concertos malucos.

Uma fera do palco desde o início de sua carreira.

O caso amoroso de Tina Turner com a cena musical começou na década de 1960 com o seu marido da época, o guitarrista Ike Turner. O mundo da música está em desordem e sopra na América um vento de liberdade, longe dos grilhões puritânicos que reinam então. Tina Turner sente o vento mudar de direção e decide encenar um personagem que se tornará lendário. A leoa e os dançarinos da dupla, os Ikettes, apresentam performances inéditas para a época e eletrizam o público.

O grande show do Rio de Janeiro.

De março de 1987 a abril de 1988, Tina Turner embarcou em uma gigantesca turnê mundial que explodiu todos os recordes, como a do maior número de espectadores para uma turnê feminina, com 4 milhões de pessoas comparecendo a seus shows. Mas o maior recorde que ela detém é o do Rio de Janeiro. No dia 16 de janeiro de 1988, a leoa do rock se apresenta no estádio do Maracanã diante de 180.000 espectadores, batendo assim o recorde de entradas pagas que o então não menos famoso Frank Sinatra recebeu. Tina Turner e seu estilo inimitável decidiram conquistar o mundo mais uma vez.

Sempre no topo pelo 50 aniversário do Grammy.

Rainha do R & B, Beyoncé e a leoa de rock e soul Tina Turner, estão juntas para celebrar o 50 aniversário do Grammy Awards em 2008, o que mais você pode pedir. O magnífico duo canta Proud Mary, Tina Turner tem então 68 anos e sua energia é tão afiada quanto a lâmina de uma faca. Em 2018, a lendária roqueira recebe um Grammy Award por uma excepcional carreira musical: o Lifetime Achievement Award.


Cidade Itajubá.

Compartilhe:

Deixe seu comentário